Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Queiroga relativiza as 600 mil mortes: "De doença do coração são 380 mil por ano"

O ministro da Saúde afirmou, em entrevista coletiva nesta sexta, que a infecção por coronavírus não é a única causa de morte no país
Queiroga relativiza as 600 mil mortes: “De doença do coração são 380 mil por ano”
Foto: Walterson Rosa/MS

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, relativizou a marca de 600 mil mortes por Covid, atingida pelo Brasil nesta sexta-feira (8).

Em entrevista coletiva, Queiroga foi questionado sobre o que faltou para o Brasil evitar parte dos óbitos em decorrência da doença. O ministro citou outras doenças e disse que a infecção pelo coronavírus não é a única causa de morte no país.

“Em primeiro lugar, só de doença do coração são 380 mil [mortes] todos os anos. Se contar no mesmo período [março de 2020, quando houve a primeira morte por Covid no país], nós teríamos também cifras alarmantes. Câncer também tem elevada incidência de óbitos. E a Covid-19 é uma emergência sanitária internacional que levou a óbitos em todos os locais do mundo.”

Mais notícias
TOPO