Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Queiroga se recusa de novo a recomendar vacinação de crianças: 'Os pais são livres'

Na verdade, vacinação de crianças é obrigatória no Brasil
Queiroga se recusa de novo a recomendar vacinação de crianças: Os pais são livres
Reprodução/CNN Brasil/YouTube

Marcelo Queiroga se recusou nesta sexta (14), mais uma vez, a recomendar aos pais que levem as crianças para tomarem vacina contra Covid.

Um repórter perguntou ao ministro “se o senhor recomenda aos pais que levem os filhos para os postos de vacinação”.

Queiroga respondeu: “A recomendação feita pelo Ministério da Saúde está feita. Os pais, eles são livres para levar os seus filhos para a sala de vacinação. Se eles têm dúvida, consulta (sic) um médico da sua confiança. E as vacinas, elas devem ser aplicadas segundo as recomendações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, que foi quem atestou a segurança dessas vacinas”.

Na verdade, a vacinação de crianças é obrigatória no Brasil, como definido no Estatuto da Criança e do Adolescente e já confirmado pelo STF.

Leia mais:

Queiroga se recusa a recomendar cancelamento do Carnaval

“Estamos tranquilos, tá?”, diz Queiroga, sobre apagão de dados

Queiroga recua sobre vacinação de crianças: “Queremos que os pais decidam”

Queiroga evita dizer data para vacinação de crianças e recomenda a pais buscarem um médico

Mais notícias
TOPO
×
Oferecimento....