ACESSE

Queiroz nega ter sabido de vazamento da Furna da Onça

Telegram

Fabrício Queiroz depôs hoje à Polícia Federal sobre o suposto vazamento de informações da própria PF antes que a Operação Furna da Onça fosse deflagrada, em novembro de 2018.

A Furna da Onça investigou a participação de deputados estaduais do Rio em esquemas de corrupção. Embora Flávio Bolsonaro não fosse um dos alvos, foi nela que surgiu o relatório do Coaf que apontava “movimentação atípica” de R$ 1,2 milhão em uma conta de Queiroz.

Segundo apurou o Jornal Nacional, o ex-assessor de Flávio –que foi ouvido pela PF como testemunha– disse nunca ter tido acesso a informações antecipadas sobre a operação.

A acusação de que a Furna da Onça teria vazado para o filho 01 de Jair Bolsonaro foi feita pelo empresário Paulo Marinho, suplente de Flávio no Senado, hoje rompido com o bolsonarismo.

Leia mais: O filho 01 de Bolsonaro na mira da Justiça. Clique para saber mais

Comentários

  • Gilberto -

    Nunca falam que são 600 mil de depósitos/entradas e 600 mil de saídas/retiradas, os mesmos. Assim 600 mil em 13 meses, média de uns 46 mil por mês. Destes uns 30 mil vem dos sal, 12 mil da família. ??

  • Pedro -

    Cadê a Elisângela do Ceciliano PT 49 milhões. Ainda tá enfurnada? Cadê os outros 30 deputados, estão na Furna. E por fim que c.a.z.z.o de onça e essa?? kkkkkkkkkk

  • Marcelo -

    Cá entre nós, a PF só colher o depoimento do Queira somente hoje demonstra uma incompetência enorme. Nesse tempo ele teve ainda mais tempo para forjar a versão.

Ler 34 comentários