ACESSE

Queiroz tinha cartão de PM que declarou R$ 380 mil em espécie ao TSE

Telegram

Um cartão de visita do PM Luiz Carlos Chagas de Souza Junior, o Chagas Bola, que já se candidatou pelo PSL do Rio em duas eleições, foi encontrado com Fabrício Queiroz no momento de sua prisão em Atibaia.

“O Queiroz é meu amigo, eu não prestei serviços pra ele”, disse à Crusoé Chagas Bola, que é dono de uma empresa de segurança e declarou ao TSE na eleição de 2018 ter 380 mil reais em dinheiro vivo.

Leia AQUI a reportagem de Luiz Vassallo na Crusoé.

Leia mais: A voz livre de Moro: agora ele é colunista exclusivo da 'Crusoé'. Clique e saiba mais

Comentários

  • Cris -

    PM do Rio, ligado ao PSL, dono de empresa de segurança, imagine o nível do sujeito. O que ele chama de empresa de segurança eu chamaria de milícia semi oficial

  • Lilia -

    Sem novidades, miliciano anda com dinheiro vivo, não guarda em bancos.

  • ☣MAÇÃNARIAcancer -

    Como estão as investigacoes e prisões dos outros deputados da alerj ?? A globo vai mandar helicóptero tambem?? Se ficar so no Queiroz é safadeza pega os petralha também

Ler 19 comentários