Quem comanda a barbárie?

O Ministério da Justiça confirmou a transferência dos líderes da guerra do presídio Anísio Jobim, no Amazonas, para instituições federais.

O próprio ministério aponta um problema, contudo: a Polícia amazonense ainda não sabe ao certo quem são os cabeças.

Faça o primeiro comentário