Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Quem é Bolsonaro na fila do clima?

Quem é Bolsonaro na fila do clima?
Foto: Marcos Corrêa/PR

Jair Bolsonaro foi a 22ª pessoa a falar hoje na abertura da Cúpula de Líderes sobre o Clima, a 19ª entre os convidados estrangeiros e a 17ª entre os chefes de governo estrangeiros.

A vice-presidente Kamala Harris abriu a conferência, seguida por Joe Biden e pelo secretário de Estado, Tony Blinken.

Em seguida, falou o secretário-geral da ONU, António Guterres, o primeiro estrangeiro da lista. Depois dele falou o ditador da China, Xi Jinping, o primeiro chefe de governo estrangeiro a falar na Cúpula.

Jinping foi seguido pelos líderes da Índia, Reino Unido, Japão, Canadá, Bangladesh, Alemanha, França (interrompido por problema técnico), Rússia, Coreia do Sul, Indonésia, África do Sul, Itália, Ilhas Marshall e Argentina.

Quando o presidente da Argentina, Alberto Fernández, estava prestes a falar, Biden saiu da sala.

Depois do discurso de Fernández, ainda falaram Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, e o rei da Arábia Saudita, Salman bin Abdulaziz Al Saud. Só então Bolsonaro falou.

Não há critério claro para a posição de Bolsonaro, já que os líderes não falaram por ordem alfabética dos países. Pelo critério de antiguidade, usado para decidir quem fica onde em fotos de fóruns multilaterais como o G20, Bolsonaro deveria ter falado antes de Fernández, por estar há mais tempo no cargo.

Procurado, o Itamaraty afirmou que “[a] ordem das intervenções na sessão 1 da Cúpula de Líderes do Clima foi definida pelo governo dos Estados Unidos, organizador do evento. O Governo dos EUA não esclareceu os critérios usados para definir a ordem dos oradores e não foi previamente fornecida ao governo brasileiro a lista . Houve apenas a indicação da posição prevista para intervenção do Brasil”.

A Embaixada dos EUA ainda não nos respondeu.

A Cúpula termina amanhã (23).

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO