Quem é quem no “conselho de transição”

O Antagonista mapeou os integrantes do Conselho de Transição, liderado pelo ministro extraordinário Onyz Lorenzoni.

Além dos futuros ministros Paulo Guedes (Economia), Augusto Heleno (Defesa), Marcos Pontes (Ciência) e Gustavo Bebianno (indefinido), integram a equipe de transição os pesquisadores do IPEA Adolfo Sachsida e Alexandre Iwata, o tributarista Marcos Cintra; os professores da Unifesp Abraham e Arthur Weintraub, especializados em Previdência, o vice-presidente do PSL, Guilliem Lemos; e o administrador Marco Aurélio Carvalho, da AM4, responsável pela campanha digital de Bolsonaro.

Fazem parte da lista também o engenheiro do ITA e economista Luciano Irineu de Castro Filho, o economista Paulo Uebel, ex-CEO do Lide (João Doria) e secretário municipal de Gestão de São Paulo; o executivo Roberto da Cunha Castello Branco, da FGV, ex-conselheiro da Petrobras e ex-diretor da Vale.

Do lado do governo Temer, participam da transição o secretário-executivo da Secretaria-Geral, Pablo Tatim; o coordenador-geral da Secretaria de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Waldery Rodrigues Junior, e o diretor de Programa da Secretaria de Articulação para Investimentos e Parcerias, Bruno Castro de Carvalho.

Os integrantes receberão salários que variam de R$ 2.585 a R$ 16.215. Há também participantes voluntários.

A grande imprensa está, é claro, atrasada no episódio do convite de Bolsonaro a Sergio Moro... LEIA AQUI

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 20 comentários
  1. Ouvi hj que o Bolsonaro e o Vice Mourão vão viajar no mesmo vôo amanhã. Por favor, que serviço de segurança de 5a cat. Viajar os 2 juntos?Com PCC e Hezbolah Unidos é uma infantilidade.Risco ext

  2. Aonde esta a equipe de transicao do ministerio de minas e energia, Farra rolando Solto na ANM canalhas saindo e plantando seus comparsas la dentro. 4 diretores aprovados na ultima semana.

    1. Isso é totalmente IMORAL! Tem que haver 1 jeito de derrubar essas nomeações! Isso é SABOTAGEM! Temer, crie vergonha na cara! Deixe d ser mesquinho! Justo onde JB tem grandes planos! Jogo sujo!Imun

    2. A equipe de transição é de governos e não de Ministérios. Infelizmente essa farra não tem como ser anulada porque estão nomeando pessoas com mandato e por isso só podem ser trocados daqui a 2