ACESSE

"Quem ficou para defender o presidente fomos eu e o Queiroz"

Telegram

Gustavo Bebianno, em entrevista a Andréia Sadi, na GloboNews, falou sobre o papel de Fabrício Queiroz:

“Ele era o homem de confiança do presidente, cuidava da segurança do Flávio e tal, e quem ficou ali para sair no braço e defender o presidente da República fomos eu e o Queiroz. Toda essa história com rachadinha precisa ser colocada em pratos limpos.”

Exclusivo: 3 semanas antes de Toffoli travar investigações baseadas em dados do Coaf e da Receita, o Fisco pediu explicações a empresas que contrataram os serviços do escritório da mulher dele. LEIA AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 109 comentários