Quem pagou a fazenda de Lula?

Quando a Veja publicou sua reportagem sobre a fazenda de Lula, reformada pela OAS e avaliada em 2,5 milhões de reais, o resto da imprensa ignorou o assunto.

Por que?

Porque a imprensa sempre protegeu Lula.

Agora isso deve mudar.

O relatório do Coaf reproduzido por Época revelou um depósito de Lula na conta da Coskin, a empresa que comprou a fazenda de Lula.

Ao que tudo indica, a Coskin é uma empresa de fachada. Ela está em nome de Fernando Bittar e de sua mulher Lilian Arbex, cujo apelido no Twitter é, justamente, @coskina. O capital social da Coskin é de dois mil reais. A empresa está localizada no apartamento em que eles moram, num condomínio residencial, na rua Carlos Weber, 663.

Se o Coaf fizer um cruzamento de todos os depósitos que a Coskin recebeu na época em que a fazenda de Lula foi comprada, em outubro de 2010, poderá descobrir quem efetivamente pagou por ela, elucidando de uma vez por todas o funcionamento do esquema lulista.

Coskin e Coskina no esquema de Lula