“Quem pratica o caixa dois não tem mais limite”

Carlos Ayres Britto, em um encontro da Arquidiocese de São Paulo no fim de agosto, disse que “quem pratica o caixa dois não tem mais limite lógico nem ético”.

“Política não é profissão, é serviço.”

O ex-ministro do STF também afirmou que o Brasil vive o “terceiro tempo da democracia, a democracia em rede”.

“No Brasil de hoje, não se pode impedir a imprensa de falar primeiro sobre as coisas, nem o Judiciário de falar por último. E tudo sob essa vigília, sob o olhar mais aceso da cidadania online. Há janelas de oportunidades para um novo elo de pertencimento ao Brasil.”

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

  1. Em algum governo decente, Ayres Britto teria lugar.

    Parece compreender as coisas da insegurança pública, e sabe dizer sobre elas.

    Causou em mim boa impressão em debate no Painel, do W Waack, este bem instável, dia sim ele gosta da Lava Jato, dia não … ele vira a casaca.

  2. Ler mais 3 comentários
    1. Em algum governo decente, Ayres Britto teria lugar.

      Parece compreender as coisas da insegurança pública, e sabe dizer sobre elas.

      Causou em mim boa impressão em debate no Painel, do W Waack, este bem instável, dia sim ele gosta da Lava Jato, dia não … ele vira a casaca.

    2. É a isso que me refiro!!!
      E tem abobados que insistem nas fajutas pesquisas de opinião de institutos aliciados e comprometidos!!!
      Há análises inclusive de opinião na moderna internet e muito mais precisas!!! E ‘on line’ e ‘real time’!!!