ACESSE

"Quem promove o caos, queima a bandeira nacional e usa da violência é terrorista", diz Bolsonaro

Telegram

Jair Bolsonaro acaba de publicar uma mensagem no Twitter em que volta a chamar manifestantes violentos de terroristas.

“Quem promove o caos, queima a bandeira nacional e usa da violência como uma forma de ‘protestar’ é terrorista, sim! Manifestante, contra ou a favor do governo, é outra coisa”, tuitou.

Como noticiamos mais cedo, Bolsonaro já havia se referido aos integrantes dos movimentos que se dizem “antifascistas” — ou “antifas” — como “marginais” e “terroristas”.

“Começou aqui com os ‘antifas’ em campo. O motivo, no meu entender, político, diferente [das manifestações nos Estados Unidos]. São marginais, terroristas, no meu entender. Eles têm ameaçado, no domingo, fazer movimentos pelo Brasil, em especial aqui no Distrito Federal.”

Leia também: A 'insólita ameaça' de Bolsonaro

Comentários

  • Heraldo -

    Ser contrário aos ideais de Mussolini e de Hitler é ser terrorista? É isso, Jair? Quer dizer que os antifas merecem coices e tiros?

  • Carlos -

    Parece que quem queimou a bandeira era um Bozo fã disfarçado.

  • Claudia -

    Qual será o site de 4 linhas

Ler 143 comentários