"Quero acreditar que a Anvisa seja técnica e independente"

“Quero acreditar que a Anvisa seja técnica e independente”
Reprodução/Governo do Estado de São Paulo/YouTube

Dimas Covas, presidente do Instituto Butantan, foi questionado sobre a possibilidade de interferência política na decisão da Anvisa de interromper os estudos da Coronavac.

“Quero acreditar que a Anvisa seja técnica e independente. Se esse episódio representa alguma mudança? Não creio e não quero acreditar nisso.”

Covas acrescentou que pretende atribuir o episódio a uma “falha na comunicação” ou a uma “preocupação exagerada” por parte da agência reguladora.

Ele insistiu ser “impossível” que o “evento adverso” tenha relação com a vacina.

Leia mais: Quem acredita em “vacina do Doria” ou “vacina do Bolsonaro” precisa abrir os olhos.
Mais notícias
TOPO