Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Questionamos muitas vezes por que o Pazuello não nominou os que queriam pixuleco"

O senador Otto Alencar saiu em defesa do colega Omar Aziz, alvo de uma nota divulgada na noite de ontem pelo Ministério da Defesa
“Questionamos muitas vezes por que o Pazuello não nominou os que queriam pixuleco”
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O senador Otto Alencar (PSD) saiu em defesa de seu colega de partido Omar Aziz, presidente da CPI da Covid, que foi alvo de uma nota divulgada ontem pelo Ministério da Defesa.

Como publicamos, Aziz afirmou que as Forças Armadas deviam estar “muito envergonhadas” com o envolvimento de militares “do lado podre das Forças em falcatruas do governo”.

A nota dos militares, em resposta, diz que “as Forças Armadas não aceitarão qualquer ataque leviano”.

Otto Alencar defendeu Aziz em mensagem enviada a O Antagonista:

“Omar Aziz sempre respeitou e destacou o papel das Forças Armadas. Creio que foi mal interpretado.”

Alencar ainda provocou:

“Entre nós, questionamos muitas vezes por que o general Pazuello não nominou os que queriam pixuleco. Se assim procedesse, seria patriótico, salvaria a República e mereceria medalha.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO