Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

R$ 27,7 bilhões para os militares e policiais

Categorias que integram a base de Bolsonaro recebem cargos comissionados e até programa habitacional próprio
R$ 27,7 bilhões para os militares e policiais
Foto: Alan Santos/PR

As decisões do governo Jair Bolsonaro em benefício de militares, policiais e bombeiros custarão ao menos R$ 27,7 bilhões até o fim de seu mandato, no ano que vem, segundo o Estadão.

A categoria faz parte da base do presidente e foi agraciada, desde que Bolsonaro chegou à Presidência da República, com aumento de salários, cargos comissionados e até um programa habitacional próprio, o “Habite Seguro”.

No ano passado, enquanto a maioria dos servidores teve seus salários congelados por causa dos gastos com a pandemia, o governo reajustou os valores pagos a policiais militares, civis e bombeiros no Distrito Federal, no Amapá, em Roraima e em Rondônia — uma benesse com custo estimado em R$ 1,64 bilhão até 2022.”

As benesses para as Forças Armadas foram as maiores. Os salários e adicionais para os militares custarão ao menos R$ 21,16 bilhões até o fim de 2022.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO