Rachadinha é peculato

Rachadinha é peculato
acusado de comandar um esquema de "rachadinha" no gabineteacusado de comandar um esquema de "rachadinha" no gabinete

A rachadinha, “ao contrário do que o diminutivo sugere, é um crime grave”, diz o editorial da Folha de S. Paulo, a propósito do julgamento no STF, interrompido pelo ministro bolsonarista Kassio Nunes Marques.

“Em termos mais realistas, trata-se de peculato, isto é, o crime do servidor que toma para si bem ou recurso público sob seu controle. Essa interpretação é reforçada pelo fato de que, em muitas ocasiões, os funcionários que devolvem os salários são fantasmas.

A melhor descrição para a rachadinha é de esquema fraudulento que políticos empregam para pôr as mãos em dinheiro do contribuinte.”

Leia mais: Rachadinha Queiroz-Flávio Bolsonaro: confira as revelações sobre o caso
Mais notícias
TOPO