ACESSE

Radicalismo de Ernesto pode ser fatal

Telegram

Reportagem de Duda Teixeira na Crusoé explica como o estilo exótico e tresloucado do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, tem se refletido no dia a dia do Itamaraty.

O radicalismo do chanceler do governo de Jair Bolsonaro pode ser fatal para os interesses do Brasil no exterior.

“Desde o ano passado, veteranos perderam seus cargos e foram encostados. Nesta semana, ocorreu uma segunda importante dança das cadeiras. Nela, alguns embaixadores se resignaram a cargos menores, como o de cônsul ou de secretário em organismos internacionais. Apesar de terem competência para exercer funções mais políticas, no timão de uma embaixada, eles preferiram assumir cargos mais baixos enquanto a tensão segue elevada. Quem segue no comando de uma embaixada, por sua vez, parou de tomar iniciativas, como buscar parcerias comerciais ou realizar eventos culturais.

‘Eles sabem que tudo aquilo que gostariam de fazer não vai acontecer. Ninguém vai ouvi-los ou seguir suas ordens. Então todos se calaram e passaram a somente a cumprir instruções’, diz um embaixador.”

Leia aqui a íntegra da reportagem.

Leia também: Bolsonaro, sobre a PF: "Vou interferir. Ponto final"

Comentários

  • Marcos -

    Ernesto emula Bolsonaro porque o mesmo é psicopata e está contaminando todas as estruturas em seu entorno, como faz todo psicopata.Mas também há a possibilidade de Ernesto ser louco e incompetente tb!

  • David -

    O Ernesto é um colapso total

  • Beth -

    Que desastre!!!

Ler 12 comentários