Rafael Correa se compara a Lula para dizer que é ‘perseguido político’

Rafael Correa, ex-presidente do Equador, disse nesta quinta-feira que é vítima de “perseguição política” por ter sido convocado em caso que investiga o sequestro do ex-deputado Fernando Balda.

Para o ex-presidente, as ações contra ele fazem parte de uma estratégia de “perseguição judicial terrível, o famoso lawfare, por parte das elites locais conectadas com os países hegemônicos. Veja o que aconteceu com Lula e o mundo não reage”.

A grande imprensa está, é claro, atrasada no episódio do convite de Bolsonaro a Sergio Moro... LEIA AQUI

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 37 comentários