ACESSE

Ramagem assessorou desembargador alvo da Lava Jato

Telegram

Novo diretor-geral da Polícia Federal, Alexandre Ramagem trabalhou em 2000 e 2001 como assessor do desembargador do Tribunal de Justiça do Rio Mario Guimarães Neto, informa o Globo.

Alvo da Lava Jato, Guimarães Neto teve R$ 15 milhões bloqueados em uma operação da PF realizada há duas semanas.

Ele é investigado por venda de sentenças judiciais para empresas de ônibus do Rio, a partir da delação de Lélis Teixeira, ex-presidente da Fetranspor. Por ordem do STJ, Guimarães Neto está afastado das funções.

Leia também: MORO FORA DO GOVERNO: NÃO ERA FOFOCA; É JORNALISMO

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 38 comentários