Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ramos: "560 mil mortos e hoje só se fala em voto impresso e tanque nas ruas"

1º vice-presidente da Câmara disse que boa parte do povo "não está nem aí para voto impresso"
Ramos: “560 mil mortos e hoje só se fala em voto impresso e tanque nas ruas”
Reprodução/TV Câmara/YouTube

O 1º vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos (PL-AM), disse nesta terça (10) que os brasileiros que perderam o emprego ou a casa durante a pandemia não se importam com o voto impresso.

“560 mil mortos e hoje só se fala em voto impresso e tanque nas ruas”, disse o deputado, no plenário da Câmara.

“15 milhões de desempregados e hoje só se fala em voto impresso e tanque nas ruas. 19 milhões de brasileiros e brasileiras com fome. E hoje só se fala de voto impresso e tanque nas ruas”, continuou.

“Essa gente não entende nada da vida e do ser humano. Essa gente não se sensibiliza com a morte, com a fome, com a falta de moradia”, acrescentou o deputado, sem dar nome a “essa gente”.

Depois, Ramos disse que quem perdeu ou emprego ou a casa durante a pandemia “não está nem aí para voto impresso. E também não tem tempo e nem meios para nos atacar pelas redes sociais”.

A PEC do Voto Impresso deve ser votada nesta tarde no plenário. Ela já foi derrotada duas vezes na comissão especial, na semana passada.

Leia mais:

Líderes governistas admitem que PEC do Voto Impresso não chegará a 200 votos

TCU conclui que voto com urna eletrônica é seguro e auditável

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO