Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Vice da CPI defende prazo para Saúde explicar suspensão de vacinação de adolescentes

O vice-presidente da CPI apresentou um requerimento pedindo 48 horas para a pastar apresentar uma fundamentação científica para a decisão
Vice da CPI defende prazo para Saúde explicar suspensão de vacinação de adolescentes
Foto: Pedro França/Agência Senado

O vice-presidente da CPI da Covid, Randolfe Rodrigues, apresentou há pouco um requerimento para que o Ministério da Saúde informe, em 48 horas, qual foi o fundamento científico que pautou a recomendação pela suspensão da vacinação de adolescentes.

“A nota diz que a primeira razão é o fato de a OMS não recomendar a imunização de crianças e adolescentes com ou sem comorbidades. Em uma rápida pesquisa no site da OMS, o que ela diz é que essa vacinação não é prioritária, por óbvio. Me parece que há uma diferença gigante em não ser prioritário e essa nota do Ministério da Saúde que fala em não recomendar, afirmou o senador durante a sessão.

O texto não foi apreciado pelo colegiado.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO