ACESSE

Randolfe quer relatar projeto que muda regras sobre impeachment de ministros do STF

Telegram

Randolfe Rodrigues encaminhou um ofício à senadora Simone Tebet, presidente da CCJ, se oferecendo para ser o relator do projeto que propõe que os pedidos de impeachment de ministros do STF não sejam analisados somente pelo presidente do Senado.

A proposta é do senador Lasier Martins e foi antecipada por O Antagonista — relembre aqui.

“Se eu tiver a honra de ver o pedido para ser relator da matéria atendido, o relatório pela aprovação integral dessa proposta estará na CCJ em um par de dias”, promete Randolfe, que é líder da oposição no Senado.

Ele acrescentou que a ideia de Lasier “é um clamor da sociedade”.

O projeto em questão define o prazo de 15 dias, após a apresentação do pedido de impeachment, para que o presidente da Casa se pronuncie. Depois disso, se não houver deliberação, a maioria da Mesa Diretora fica responsável por decidir. O texto abre ainda a possibilidade de senadores entrarem com recurso contra o despacho da Mesa, levando a discussão para o plenário.

 

“O Senado Brasileiro É Como O Céu. Com Uma Vantagem: Não É Preciso Morrer Para Estar Dentro Dele.” ─ Darcy Ribeiro Leia aqui!

Comentários

  • João -

    Propostas de impeachment jamais poderiam ser resolvidas pelo Presidente da Casa. A ceitação ou não, deveriam ir para o plenário. Dai para frente tomariam o curso regimental(que também deve ser mu

  • Sonia/SP -

    Nosso mais completo e irrestrito apoio ao projeto do Senador Lasier! Isso é urgente, nao é possivel o Brasil cruzar os braços diante de tanta corrupçao e comunismo no STF!

  • Marques -

    Não confiamos + no judiciário. Esse senadoreco é de esquerda. Ele vai pra onde o vento toca e sabe o clamor da sociedade. Confiar nele? Eis a questão!

Ler 90 comentários