Raquel Dodge destina peritos a Brumadinho

Raquel Dodge autorizou hoje a liberação do chefe da Assessoria Nacional de Perícia em Meio Ambiente do Ministério Público Federal, Murilo Lustosa, para atuar em auxílio aos procuradores que apuram as causas e responsabilidades pelo rompimento da Barragem de Brumadinho.

Dois peritos do MPF já se deslocaram para o município para o iniciar o trabalho pericial.

“Há uma cadeia de responsabilidades que precisa ser esclarecida e bem definida para que todos os envolvidos neste caso sejam efetivamente responsabilizados. Uma das linhas de investigação é exatamente verificar se o protocolo que deveria ser seguido para dar segurança a esta barragem ou para atestar o risco de rompimento foi efetivamente seguido ou se era suficiente”, afirmou Dodge na capital paulista, onde participa de um seminário.

Integrante da Secretaria de Perícia, Pesquisa e Análise, da PGR, Murilo Lustosa tem especialização em barragens e formará uma equipe multidisciplinar, com engenheiros ambientais, biólogos e outros profissionais que trabalharão na força-tarefa.

Comentários

  • IVAN -

    Porque a PGR não mandou esses peritos antes? E temos algumas barragens mais para serem fiscalizadas. Algo em torno de 24.000.

  • Pedro -

    Ela deveria primeiramente explicar porque Mariana continua como está três anos depois.Por que seria diferente a atuação do MP desta vez?

  • Gilberto -

    Tem que sair decreto proibindo barragens de rejeito em todo pais. As existentes terao um prazo para serem descomissionadas a partir de agora. Os projetos tem que sair com filtragem e compactacao.

Ler 30 comentários