ACESSE

Raúl Castro recebe médicos cubanos

Telegram

O ditador cubano Raúl Castro recebeu neste sábado 201 profissionais que integravam o programa Mais Médicos no Brasil.

Ele estava acompanhado do segundo do partido comunista, José Ramón.

A estimativa é que até dezembro todos médicos cubanos que estavam aqui regressem à prisão insular cubana.

A ditadura cubana rompeu o Mais Médicos porque Bolsonaro prometeu abrir a caixa-preta do BNDES. MAIS AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 90 comentários