"Reação contra Lava Jato é esperada, mas não atingirá o cerne das investigações"

O procurador Carlos Fernando Lima comentou no Facebook as últimas iniciativas de Gilmar Mendes contra a Lava Jato, como as 21 revogações de prisão, o veto a conduções coercitivas e as críticas do ministro – apoiadas por Cármen Lúcia e Dias Toffoli – a entrevistas coletivas dos investigadores.

“A Lava Jato usa dos instrumentos legais para combater crimes graves cometidos por pessoas poderosas, pessoas que abusaram da confiança da população. A reação contra a operação é esperada, mas não atingirá o cerne das investigações, pois a verdade das relações espúrias que alimentam de dinheiro ilícito partidos e candidatos está definitivamente exposta”, escreveu o procurador.

Comentários

  • Antonio -

    O Brasil sabe hoje quem são os inimigosda Nação, que irão para o devido lugar na História. Uma nova mentalidade se forma, iluminando o caminho do futuro. A Lava Jato é o divisor de águas.

  • Marius -

    Ao procurador federal na Lava Jato, dr. Carlos Fernando Lima, continue seu nobre trabalho.. e com o "ventilador ligado e a luz acesa", pois eficiência com transparência são imbatíveis...

  • Chris -

    É isso mesmo, continuem na luta, os brasileiros apoiam a Lava Jato doa a quem doer.

Ler 67 comentários