REAÇÃO DO MPF A LULA

A manifestação dos procuradores da Lava Jato reage à ofensiva da defesa de Lula para tentar desqualificar Sérgio Moro, sob a alegação de parcialidade do juiz.

Os advogados alegam ainda que Moro não deveria tratar das investigações relativas ao sítio de Atibaia e o triplex Guarujá, pois ambos estão em São Paulo, fora da jurisdição de Moro.

Os procuradores provam que cabe ao juiz de Curitiba conduzir o inquérito sobre as lambanças do petista.

Faça o primeiro comentário