Reações adversas à cloroquina disparam 558%

Reações adversas à cloroquina disparam 558%
Foto: Reprodução/Facebook

As notificações de efeitos adversos decorrentes do uso de medicamentos do ‘kit covid’, defendido pelo governo, dispararam em 2020.

Ao menos nove mortes foram registradas desde março do ano passado.

O número de notificações de efeitos adversos da cloroquina foi 558% maior do que em 2019, segundo um levantamento feito pelo Globo com base em dados da Anvisa.

De acordo com a Anvisa, as notificações representam “suspeitas” e nem todas são investigadas. Além disso, apesar das notificações estarem associadas a um determinado medicamento, os efeitos adversos registrados podem ter relação com outras substâncias.

Dados da agência indicam que houve um aumento geral no número de notificações de efeitos adversos entre 2019 e 2020, quando se leva em consideração todos os medicamentos. Passou de 8.587 para 19.592, um aumento de 128%.

Ainda assim, os números relativos à cloroquina chamam atenção. Foram 139 notificações em 2019 e 916 em 2020.

No caso da azitromicina, que também faz parte do kit, foram 25 em 2019 e 82 em 2020, uma variação de 228%.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO