ACESSE

Reale Jr. sobre a atuação de Toffoli: "As instituições estão do avesso. Bagunça"

Telegram

Miguel Reale Jr. está espantado com o que está ocorrendo em relação à criação do juiz das garantias — não apenas com a figura em si, mas com a forma como vem sendo implementada. Ele ficou especialmente indignado depois da fala de Dias Toffoli, ontem, e criticou o ministro por seu ativismo.

“As instituições estão do avesso. O presidente do STF, indevidamente consultado pelo presidente da República sobre veto ou sanção do juiz de garantias, orienta em favor da sanção e depois, em imenso ativismo judicial, adia a vigência em seis meses e inova a lei, determinando que não se aplique a homicídio e a crime contra mulher. Bagunça igual é difícil para segurança jurídica. É um improviso, com ministro do Supremo opinando de orelhada pelos meios de imprensa”, disse Reale Jr. a O Antagonista.

Foto: Carlos Moura / STF

Duas investigações em andamento podem tirar Renan Calheiros da zona de conforto. CONFIRA

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 72 comentários