Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Reale Júnior: 'Banir Bolsonaro das redes é uma forma de prisão preventiva'

O jurista citou a declaração mentirosa de que a vacina contra a Covid poderia provocar Aids e disse que as ações do presidente são nocivas ao país
Reale Júnior: Banir Bolsonaro das redes é uma forma de prisão preventiva
Foto: José Cruz/Agência Senado

O jurista Miguel Reale Jr. (foto) disse hoje, em entrevista ao Uol, que banir Jair Bolsonaro das redes sociais é uma forma de prisão preventiva. A declaração foi dada após o novo relatório final da CPI da Covid pedir que o presidente seja afastado após ele mentir sobre vacinas na live da última quinta-feira.

 

Reale Jr. mencionou a declaração de Bolsonaro de que imunizados contra a Covid estão desenvolvendo Aids e defendeu a medida contra o presidente.

“Isso é de uma vilania, de um desrespeito à vida, quando se sabe que caíram os números de internações […] graças à vacinação. […] Que país pode aguentar um chefe de Estado que diga uma coisa dessa? […] Seria caso de prisão preventiva. A primeira medida é acabar com o presidente no YouTube. Ele está fazendo algo nocivo ao país. […] É uma forma de prisão preventiva. É uma medida cautelar que previne a prática de condutas delituosas.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO