Receita e Economia deverão detalhar apuração aberta a pedido de Flávio

Receita e Economia deverão detalhar apuração aberta a pedido de Flávio
Foto: Beto Barata/Agência Senado

Deputados do Partido Novo cobram da Receita Federal e do Ministério da Economia detalhes sobre o procedimento instalado para apurar supostas irregularidades comunicadas ao Fisco pelas advogadas do senador Flávio Bolsonaro, diz a Crusoé.

A Receita, como revelou a revista, abriu procedimento interno após receber duas petições da defesa do filho do presidente.

O resultado foi encaminhado à Corregedoria do ministério comandado por Paulo Guedes, mas tanto a Receita quanto a Economia se recusaram a informar as conclusões do processo.

Agora, os esclarecimentos serão obrigatórios. O pedido de informações dos deputados deve ser respondido no prazo de 30 dias, sob pena de Guedes ser enquadrado por crime de responsabilidade.”

Leia aqui a íntegra da nota. Assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que não tem medo de apontar os verdadeiros culpados pelas mazelas brasileiras.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO