Recesso prolongado

Luiz Fernando Bandeira de Mello Filho, secretário-geral da Mesa do Senado, tentou explicar, em entrevista à Agência Senado, por que o ano no Congresso não vai começar em 2 de fevereiro, uma sexta-feira.

“Na prática, nós teríamos que custear as passagens dos parlamentares para Brasília exclusivamente para uma solenidade de abertura, sem votar nada. Então, achamos mais eficiente e econômico abrir na segunda-feira. E mantemos, assim, a sessão deliberativa ordinária para a terça-feira à tarde.”

Retorno para valer só depois do carnaval.

Leia também:

Reparos antes do retorno

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Por que não se cria o Home Senado, cada um “trabalha” na sua casa e assim não dá despesa de auxilio moradia, refeição, viagem. Temos o risco de não fazerem p….nenhuma….sim…mas já não fazem nada hoje e gastam uma porrada de grana……

Ler mais 11 comentários
  1. Por que não se cria o Home Senado, cada um “trabalha” na sua casa e assim não dá despesa de auxilio moradia, refeição, viagem. Temos o risco de não fazerem p….nenhuma….sim…mas já não fazem nada hoje e gastam uma porrada de grana……

  2. Esse sujeito é o mesmo que assessorou Renan Calheiros e Ricardo Lewandoviski, distorcendo a Constituição para que Dilma Rousseff mantivesse os direitos políticos após o Impeachment. Já mostrou que não é alguém em que o povo possa confiar.

  3. Esses preguiçosos do legislativo, só perde para os preguiçosos do Judiciário que ficam a toa quase 03 meses no ano( recessos mais férias) recebendo salários e auxilios sem vergonhice pagos pelo povo pobre. Depois ainda discursam que o país precisa trabalhar ir pra frente, com esses preguiçosos deitados nos poderes? Impossível