Rede entrará no STF contra decisão de Toffoli

A Rede vai recorrer ao STF da decisão de Dias Toffoli de suspender processos e investigações abertas com base em dados da Receita ou do Coaf.

Com a determinação, o ministro paralisa as investigações contra Flávio Bolsonaro por suposto desvio de dinheiro de seu antigo gabinete na Alerj.

Segundo Randolfe Rodrigues, será protocolada uma Ação de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) no STF, pedindo que a decisão seja suspensa até que o plenário da Suprema Corte decida sobre o caso.

Exclusivo: mais suspeitas sobre a relação entre um ministro do TST e seu filho advogado, ja investigado por tráfico de influência. SAIBA MAIS

“[A medida] Impede o funcionamento do Coaf como instituição de controle de atividades financeiras até novembro, data em que a decisão de Toffoli em suspender as investigações deverá ser julgada pelo Plenário.”

 

Comentários

  • Roberto -

    "Uma mão lava a outra, e as duas saqueiam o país" esse é o lema dos corruptos

  • Ferdinando -

    Na política há uma infestação de ladrões e ou bibas esquerdistas como a Randolfa

  • João -

    Não coaduno com a maioria das ideias deste partido - REDE - no entanto aprovo 1000% esta ação contra decisão calamitosa do Toffoli. Todo partido decente deveria participar desta ação.

Ler 78 comentários