ACESSE

Rede muda de ideia e desiste de ação contra inquérito das fake news

Telegram

A Rede Sustentabilidade desistiu da ação que apresentou no ano passado na qual solicitava o fim do inquérito das fake news, aberto para apurar ataques e ofensas ao STF — e inconstitucional, como já dissemos aqui.

Na justificativa para a desistência, a Rede disse que entrou com a ação no ano passado quando os alvos eram procuradores do MPF, auditores da Receita e parlamentares que apoiavam a CPI da Lava Toga. Como agora os alvos são apoiadores de Jair Bolsonaro, o partido mudou de ideia.

“Tivemos uma espécie de escalada autoritária por parte de alguns mandatários. Além disso, evidenciou-se, de modo cada vez mais explícito, o mal das fake news para a democracia”, diz o novo pedido.

O pedido será analisado pelo relator, Edson Fachin. A jurisprudência consolidada do STF, no entanto, não permite que se retire uma ação do tipo apresentado (uma ADPF) a pedido do autor.

Pelo visto, não é só Augusto Aras que muda de ideia dependendo do alvo da investigação.

Leia também: Bolsonaro e a prisão de Toffoli e Alexandre de Moraes

Comentários

  • Fábio -

    Eles Nao tem um tipo de constrangimento

  • Rafael -

    Esse Inquérito, pra mim, quebra o ditado de que ‘P@u que nasce torto, nunca se endireita’. A música do ‘É o Tchan’ que o Aras quer dançar pro Jair ficou sem premissa!

  • DANIEL -

    Mudou agora pq lhe convém. Partido medíocre

Ler 54 comentários