Rede: tática e estratégia

A votação no Congresso sobre a revisão da meta fiscal deixa ainda mais claro: a Rede, de Marina Silva, está neste momento funcionando taticamente como linha auxiliar do PT e seu objetivo estratégico é suceder o partido de Lula na esquerda brasileira.

Faça o primeiro comentário