A 'reforma administrativa' no Senado

Dois aliados de Davi Alcolumbre garantiram a O Antagonista que, após a Páscoa, Luiz Fernando Bandeira de Mello Filho e Ilana Trombka, secretário-geral e diretora-geral do Senado, respectivamente, perderão os cargos.

Oficialmente, Alcolumbre continua dizendo que a dupla está em “estágio probatório”.

O grupo que apoiou o atual presidente da Casa pressiona pela queda dos dois.

Comentários

  • Luiz -

    Alcolumbre já virou uma marionete da turma do Renan.Não tem estatura para se manter no cargo

  • RICHARD -

    queremos empregos,para mim chega dessa falsa democracia que só atende a esses aí de cima

  • OBSERVADOR🇧🇷 -

    Após o Natal

Ler 19 comentários