Reforma já tem maioria, diz presidente da CCJ

Felipe Francischini, o presidente da CCJ da Câmara, afirmou já ter os votos necessários para aprovar a reforma da Previdência no colegiado.

A CCJ tem 66 integrantes, e o projeto do governo precisa de maioria simples para ser aprovado.

Leia a reportagem em Crusoé:

Reforma já tem maioria na CCJ, diz presidente da comissão

A reforma das reformas está em risco. LEIA AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Ué, mas os antas não falaram que o bolsonaristas estavam colocando a reforma da previdência em perigo por causa do movimento deles nas redes social? Agora a CCJ diz que já tem os votos necessário

Ler mais 29 comentários
  1. Ué, mas os antas não falaram que o bolsonaristas estavam colocando a reforma da previdência em perigo por causa do movimento deles nas redes social? Agora a CCJ diz que já tem os votos necessário

  2. Tanto tempo lutando contra o PT… e esses cretinos vão fazer a façanha de privilegiar os banqueiros que apoiaram o PT até o último minuto. Um PT 2.0 vai renascer com força graças a esses cretin

    1. Conhecerás a ganância dos bancos, e ela vos empobrecerá!!! É verdade, os bancos continuam no poder, bem como a principal pauta do Temer, a previdência.

    1. É evidente, é isso aí, e tudo isso com o beneplácito da imprensa chapa branca e jabazista, incluindo aí os Antagonistas.

  3. A capitalização para os novo e ainda sem contribuição do empregador, cria dois tipos de empregados ; um sem proteção social e o outro com encargos na folha que empresa nenhuma vai querer contrat

    1. Errado, lá há treinamento, estudo, máquinas, local preparado para o trabalho que melhoram a produtividade. You are dead wrong my friend!

  4. É convocar as ffaa urgente fazer uma varredura em Brasília e começar do zero sem corruptos e sem aliados de partidos políticos como disse wadir damus sobre gilmar mendes ser aliado do pt,aí pront

  5. Depois que essa reforma for aprovada, os trabalhadores vão bater palmas, porque vai ter de emprego, todos terão comida na mesa, aposentadoria questão de tempo, reforma urgente, aprovem já.

    1. Nem precisa Reforma de Previdência. A Reforma Trabalhista de 2017 do Temer, apoiada pelo Bolsonaro, já resolveu o problema do desemprego, conforme prometido.

  6. Deus abençoe os senhores. E que tenham juízo para preservarem suas cadeiras em 2022, pois o PT aposta contra a reforma e no caos em 2021, para tomarem-nas dos senhores em 2022. Aí ficarão sem empr

    1. Se não aprovarem a reforma nesse governo, o próximo q assumir terá que adotar medidas muito mais severas que a atual. Seremos a Grécia amanhã!!

    2. Na verdade, a maioria dos que apoiavam a reforma da previdência do Temer não foram reeleitos. Deputado escaldado tem medo de previdência fria.