Reforma política: “Que vai ser votada, vai”

André Fufuca a O Antagonista, sobre o adiamento da votação da PEC do fim das coligações e da cláusula de barreira para a semana que vem:

“Não garanto que será aprovada, mas que vai ser votada, vai.”

Segundo ele, o acordo para votar ontem só não se concretizou porque a sessão do Congresso durou muito mais do que o previsto.

1 comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200