Reforma política será votada “mesmo sem unanimidade”

André Fufuca disse a O Antagonista que colocará em votação hoje no plenário da Câmara a PEC do fim das coligações e da cláusula de barreira.

Segundo ele, a proposta será apreciada “mesmo sem unanimidade”.

2 comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200

  1. Isso é uma estratégia para descartar o projeto…
    Se eles votarem hoje e rejeitarem o projeto, não poderão mais votar essa “reforma” nesse ano e consequentemente as atuais regras do jogo se manterão para a próxima eleição de 2018.
    A viagem do Temer para fora do país e o absurdo INCONSTITUCIONAL da transmissão do governo para o primeiro da linha sucessória, visam preservar a imagem de Rodrigo Maia e deixar um desconhecido político, vulgo Fufuquinha fazer o trabalho sujo para o Temer, Rodrigo Maia & Cia. políticos corruptos, que querem manter as mesmas regras das ultimas eleições.