ACESSE

Reforma tributária "é mais difícil de passar" do que Previdência, diz Armínio

Telegram

Em entrevista ao Estadão, Armínio Fraga disse que a aprovação da reforma tributária deve ser mais complicada no Congresso do que a previdenciária.

“Me parece mais difícil de passar do que a reforma da Previdência. Do lado técnico, parece haver um consenso na direção de um imposto sobre bens e serviços, não cumulativo, desenhado em bases modernas. Esse IBS [Imposto sobre Bens e Serviços] seria um grande IVA. O ministério insiste numa nova CPMF, mas o próprio presidente sinaliza contra. Seria um erro: é um imposto regressivo, cumulativo, de base frágil”, afirmou.

O ex-presidente do Banco Central também disse que Rodrigo Maia deve continuar como protagonista da agenda reformista.

“Tudo indica que sim. De um lado, tem funcionado muito bem sob a liderança de Rodrigo Maia. E de outro, não há alternativa.”

Quem é o nome que agrada o mercado, se Guedes sair. Mais aqui

Comentários

  • BrasilSocialista -

    Eu lembro desse safad0 elevou a selic no governo FHC a patamares nunca vistos antes é um canalh@ filho da put@ porr@

  • Didi -

    Esqueçam CPMF, mas que insistência, não vamos concordar

  • Renata -

    Urubu Fraga.

Ler 33 comentários