Regime fechado para Pedro Corrêa

O ministro Luís Barroso determinou que Pedro Corrêa volte a cumprir pena em regime fechado no processo do mensalão. A decisão decorre da condenação de Corrêa na Lava Jato.

O ex-deputado e ex-presidente do PP estava no regime semiaberto, mas cumpria prisão preventiva determinada por Sérgio Moro. Como negocia delação premiada, Corrêa poderia ser liberado para sair da carceragem durante o dia.

Agora, deve permanecer na cadeia por mais um tempo. Há um mês, ele foi condenado por Moro a 20 anos de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Faça o primeiro comentário