Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

'Regra é para evitar anarquia nas Forças Armadas', diz Mourão, sobre punição a Pazuello

Regra é para evitar anarquia nas Forças Armadas, diz Mourão, sobre punição a Pazuello
Foto: Adriano Machado/Crusoé

O vice-presidente Hamilton Mourão voltou a defender nesta quinta-feira (27) uma punição ao ex-ministro da Saúde e general da ativa Eduardo Pazuello por ter participado de um ato pró-Bolsonaro no último fim de semana.

Para Mourão, as regras visam “evitar que a anarquia se instaure dentro das Forças Armadas”.

“A regra tem que ser aplicada para evitar que a anarquia se instaure dentro das Forças. Assim como tem gente que é simpática ao governo, tem gente que não é”, disse, na saída do gabinete da Vice-Presidência.

Mourão também disse que as Forças Armadas são “apartidárias”.

“Cada um tem que permanecer dentro da linha que as Forças Armadas têm que adotar. As Forças Armadas são apartidárias, não têm partido. O partido das Forças Armadas é o Brasil.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO