Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Reitor cotado para o MEC está em Brasília e aguarda ser chamado pelo Planalto

Por telefone, o reitor da Universidade Oeste de Santa Catarina (UNOESC), Aristides Cimadon, cotado para assumir o Ministério da Educação, acaba de confirmar a O Antagonista que está em Brasília e aguarda um posicionamento do Palácio do Planalto para se reunir com Jair Bolsonaro.

“Vamos ver, vamos ver, estou aguardando.”

Sem dar muito espaço para a conversa, Cimadon confirmou também que foi indicado pelo senador Jorginho Mello (PL), de quem é amigo.

“É, eu sou muito chegado ao Jorginho, então naturalmente [ele me indicou]. Mas não há nada definido, nada.”

Perguntamos se ele toparia a missão de assumir o MEC, em se confirmando o convite do próprio presidente.

“Não sei, não sei, vamos ver.”

Como noticiamos há pouco, Cimadon é filiado ao PL (antigo PR), de Valdemar Costa Neto, desde 2013.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO