Rejeição a Bolsonaro é menor que a Marina, Alckmin, Haddad e Ciro, diz pesquisa

A rejeição a Jair Bolsonaro (45%) é menor que a Marina Silva (58%), Geraldo Alckmin (53%), Fernando Haddad (48%) e Ciro Gomes (46%), embora com esses dois últimos haja um empate técnico, de acordo com a pesquisa FSB/BTG.

Bolsonaro ainda lidera no potencial de votos: 48% dos entrevistados disseram que poderiam votar nele. O deputado é seguido por Ciro (45%, em empate técnico), Alckmin (39%), além de Marina e Haddad, ambos com 36%, sendo que, desses candidatos, Haddad é o mais desconhecido (15%).

João Amoêdo ainda é desconhecido por praticamente metade do eleitorado (49%).

Para avaliar esses três índices, a questão colocada para cada entrevistado foi:

“Agora, sobre cada candidato(a) a presidente que eu falar o nome, gostaria que você dissesse se poderia votar nele(a) ou se não votaria nele(a) de jeito nenhum para presidente da República ou não conhece.”

Mais lidas
  1. O bolsonarista Eduardo Cunha

  2. Sobra leite condensado, falta transparência do governo

  3. Justiça Federal suspende distribuição da vacina de Oxford em Manaus

  4. PDT acusa Bolsonaro de peculato por compra de leite condensado

  5. Governo já pagou 1 bilhão por IFA de vacinas da AstraZeneca

Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 51 comentários
TOPO