ACESSE

'Relação promíscua' entre times do Rio e torcidas organizadas

Telegram

Investigadores no Rio identificaram “uma relação promíscua” entre dirigentes de clubes cariocas e líderes de torcidas organizadas, algumas delas banidas dos estádios pela Justiça.

Segundo a polícia, registra o G1:

— líderes das torcidas recebiam regularmente ingressos que eram repassados para cambistas e vendidos a preços altos;

— torcedores banidos dos estádios por incitar a violência também usavam esses ingressos para assistir aos jogos;

— e mais: clubes financiam essas torcidas organizadas, já penalizadas com medidas de afastamento.

O Brasil é o país do futebol.

Leia também:

Fluminense, Vasco e Botafogo na delegacia

 

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 10 comentários