Relator da PEC emergencial propõe auxílio fora do teto de gastos

Relator da PEC emergencial propõe auxílio fora do teto de gastos
Foto: Reprodução/Redes sociais

O relator da PEC emergencial, senador Marcio Bittar (MDB-AC), propôs que os gastos com o auxílio emergencial neste ano fiquem fora da regra do teto de gastos.

O texto divulgado pelo senador sugere que o dinheiro para o pagamento das novas parcelas do benefício deve vir de crédito extraordinário, o que permite que essa despesa fique fora do teto de gastos.

O senador ainda propõe que o gasto com o auxílio fique fora das limitações da “regra de ouro”, mecanismo que impede que o governo contraia dívida para pagar despesas correntes.

As despesas estimadas com as novas parcelas do auxílio giram em torno de R$ 30 bilhões.

A PEC emergencial deve ser votada na próxima quinta-feira.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO