Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Relator do voto impresso recorre a Ciro Nogueira para tentar evitar derrota

Segundo Filipe Barros, há um 'fortalecimento da base' do governo; partidos de centro e independentes querem enterrar proposta, apoiada por Jair Bolsonaro
Relator do voto impresso recorre a Ciro Nogueira para tentar evitar derrota
Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

Filipe Barros, o deputado bolsonarista que relata a PEC do voto impresso, disse a O Globo nesta segunda-feira (2) que traçará uma estratégia com Ciro Nogueira, agora ministro da Casa Civil, para tentar aprovar seu parecer em comissão especial.

“Vou até lá [conversar com Ciro] porque hoje há uma reconfiguração do governo, tem um fortalecimento da base. Um dos projetos de interesse do governo é o voto impresso”, disse o deputado do PSL paranaense.

“Combinamos de nos encontrar para traçar uma estratégia. Vou explicar o meu substitutivo e ver como podemos trabalhar”, acrescentou Barros.

Partidos de centro e independentes, como PSD, MDB, PL, DEM e PSDB, estão prontos para rejeitar o parecer do deputado e enterrar o projeto apoiado por Jair Bolsonaro.

A intenção das siglas é mandar um recado ao presidente, que condicionou a realização das eleições em 2022 à implementação do voto impresso. Parlamentares afirmam que o Congresso não aceitará ameaças desse tipo.

A sessão para a votação do relatório está marcada para esta quinta, 5.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO