ACESSE

Relator sugere taxação de grandes fortunas por dois anos

Telegram

O líder do PSL no Senado, Major Olímpio, concluiu seu parecer favorável ao projeto de lei que taxa grandes fortunas e destina recursos para o combate à Covid-19.

A iniciativa cria o Imposto sobre Grandes Fortunas (IGF), que incidiria sobre patrimônios líquidos superiores a R$ 28 milhões, com alíquotas que vão de 0,5% a 1%.

O relator apresentou duas emendas: uma destina parte dos recursos também para os fundos de amparo ao trabalhador e de combate e erradicação da pobreza; outra torna o tributo temporário, por dois anos.

“Apesar de bem construída e fundamentada a proposta, pelo momento de saúde pública vivido, acredito que a instituição permanente desse tributo poderá ser debatida em outro momento, com uma discussão mais ampla”, justificou.

O projeto está na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado.

Leia também: Pandemia: como salvar vidas — e a economia.

Comentários

  • Pedrinho -

    Até q enfim uma atitude nobre , com serteza tera o apoio de toda a sociedade, Tem q ser rápido.

  • Maria -

    Nessa turbulência ainda querem fuga de capitais? Loucos!!!!

  • CARLOS -

    Os bancos vão ser taxados???

Ler 65 comentários