Relatório da reforma da Previdência prevê economia de até R$ 850 bilhões

O relator da reforma da Previdência, Samuel Moreira, disse a líderes partidários que estima uma economia entre R$ 800 bilhões e R$ 850 bilhões em dez anos com as mudanças na proposta.

O texto original encaminhado pelo governo previa um corte de R$ 1,2 trilhão nas despesas.

A redução da economia se dá, principalmente, pela retirada da capitalização e das mudanças do BPC desejadas pela equipe de Paulo Guedes.

Moreira, no entanto, não descartou a possibilidade de realizar mudanças no relatório para tentar chegar a um valor próximo de R$ 950 bilhões.

Uma das medidas, segundo a Folha, seria elevar a alíquota de CSLL (contribuição social sobre o lucro líquido) de bancos de 15% para 20%.

“É mais fácil Bolsonaro renunciar do que ele pedir para sair”, diz amigo de Paulo Guedes. Confira agora

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. LLuiz Bernardo de Castro Vaz disse:

    Devia elevar para 30% no mínimo. Já levaram muito dinheiro do povo. Chegou a hora de devolver.

Ler comentários
  1. Arlindo disse:

    Elevar tributação de bancos é de uma cara de pau assombrosa. Quem acha que vai pagar essa conta? Ou alguém acha que não vão repassar para os correntistas?

  2. Edson disse:

    Tem q ser 1 trilhao deputado para de show

  3. LEILA disse:

    Prometeram 1 trilhão!! Queremos 1 trilhão!

    1. Vagabund0s desses congressistas que NADA têm a perder.

    2. Leila, é só você continuar trabalhando e contribuindo até os 95 anos.... Bolsonaro foi mais esperto, conseguiu a primeira aposentadoria especial aos 33 anos, já tem duas, terá a terceira logo.

    3. Mentalidade miserável aqui é só da esquerda. Queremos R$ 1 trilhão!!

    4. Deveriamos lutar por 2 trihões,ora,Brasil precisa ser salvo das mãos destes safados!!!

    5. O governo Bozo já roubou por antecedência 150 bilhões. O resto vem parcelado.

  4. Marcelo disse:

    O que esses demagogos querem, na verdade, é que a economia com a reforma caia para R$ 500 bilhões ou menos.

  5. Julio disse:

    850 bilhões em 10 anos. Só ontem, comprometeu-se 250 bi para conseguir aprovar o crédito suplementar.

  6. João disse:

    Ou seja, 850 milhões de aumento de impostos pra trabalhador. Vamos pagar mais e receber menos. Pra bancos nada né tchuchuka??

  7. Chiganer disse:

    aumentar tributo sobre empresas financeiras é expulsá-las do país.

  8. Tatiana disse:

    Queremos economia de R$ 1 trilhão!!!!

    1. Você vai roubar junto com o governo Bozo? É assessora do Bozo?

    2. Eu não quero. Defenda meus direitos, Congresso!!!

  9. luizantonio-rj disse:

    Acabarão c os salários pensões e aposentadorias, privilégios de mais de $20mil do legislativo, executivo e judiciário? Ainda existe o abate-teto ? As belezuras do STF acabaram c ele?

    1. O Bolsonaro tem duas aposentadorias especiais, receberá a terceira como presidente da república. Ele deveria abrir mão de todas em prol da aprovação da previdência.

    1. Eh mesmo? Avisa la para o congresso, aproveita e anexa as planilhas que te ajudaram a chegar neste resultado.

  10. José disse:

    Os políticos do governo Bozo estão de olho nessa grana, por isso estão escravizando a população, são insaciáveis, roubam cada vez mais. O Bozo está permitindo, se não estiver roubando também

  11. marco disse:

    Esse congresso não me representa. Tem que reduzir o número de dep. para no máximo 350 ( com isso estaremos reduzindo milhares de assessores). Senadores no máximo 50.

    1. Temos de lutar muito por isto,mas,vejo que teremos de mudar na constituição,mas,vale a pena esta luta,pelo futuro do nosso Pais,reduzir a 1/3 nosso parlamento ,politicos em geral,SALVAÇÂO!!!!

  12. Roberto disse:

    Os antas não falam da reforma light dos militares, amiguinhos de farda de Bolsonaro e Mourão.

  13. paulo disse:

    Ahhh,uma coisa eu vou ter o prazer em fazer,guardar o nome destes deputados que estão prejudicando o pacote previdenciario,e trabalhar contra estes fdps ate as proximas eleições,REELEIÇÃO NÃO!!!

  14. José disse:

    Eu sempre disse que os números são fictícios, vejam que o governo Bozo já ro0ubou 150 bilhões por antecedência, afinal era 1 trilhão! O resto vão roubar parcelados.

  15. Gonçalo disse:

    Covardes. Se depender desses covardes este país será sempre o país do futuro. Só que de um futuro que nunca chega. Esses covardes não fazem o que deve ser feito para o bem da maioria. COVARDES!

    1. Há quem desconheça a lógica do mercado: impõem uma taxação "adicional" aos bancos, e eles repassam a diferença do custo ao tomador de crédito! É tanta burrice nesse país...

  16. Edu_Brasil disse:

    Será que o Brasil gasta bem o dinheiro pago pelo contribuinte em forma de imposto?

  17. Paunomolusco disse:

    E a desidratação ainda não terminou.

  18. Raymundo disse:

    Vão compensar com aumento de alíquota de imposto, para bancos? Isso vai direto pra taxa de juros e de serviços. Ou alguém acha que banco vai abrir mão de lucro?

  19. Roberto disse:

    Vai baixar mais ainda no plenário, após a humanização dessa reforma escravagista.

  20. Roberto disse:

    A imprensa chapa branca deixa de mencionar que essa "economia" é feita no lombo do trabalhador... que tal uma "economia" em cima do lucro dos bancos, através da cobrança de dívidas, etc.

    1. Tá bom! Paulo Guedes é oriundo do setor financeiro. Ele sai antes que tributem os bancos. não foi colocado lá para isto.