Relatório do governo divide 81 jornalistas e influenciadores em grupos

Relatório do governo divide 81 jornalistas e influenciadores em grupos
Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

Um relatório produzido a pedido do governo federal por uma empresa de comunicação classificou 81 jornalistas e influenciadores em três grupos: os “detratores”, os “neutros informativos” e os “favoráveis”. A revelação é do UOL.

O “Mapa de influenciadores” analisou postagens do mês de maio de 2020 sobre o Ministério da Economia e o ministro Paulo Guedes, e foi produzido pela BR+ Comunicação.

A empresa tem contrato com o Ministério da Ciência e Tecnologia, aproveitado pelo Ministério da Economia por meio de um Termo de Execução Descentralizada.

Dos 81 nomes, 44 são jornalistas.

Entre os “detratores”, estão Brunno Melo, Carol Pires, Cynara Menezes, Flávio V. M. Costa, George Marques, Guga Chacra, Hildegard Angel, Igor Natusch, Luis Nassif, Luís Augusto Simon, Márcia Denser, Palmério Dória, Rachel Sheherazade, Vera Magalhães e Xico Sá.

Também aparece como “detrator” Claudio Dantas, de O Antagonista.

Foram classificados como “neutros informativos”: Alex Silva, Altair Alves, Cristiana Lôbo, Malu Gaspar, Marcelo Lins, Monica Bergamo, Ricardo Barboza e Octavio Guedes.

No grupo dos “favoráveis”: Camila Abdo, Guilherme Fiuza, Milton Neves, Rodrigo Constantino, Roger Rocha Moreira, Tomé Abduch e Winston Ling, entre outros nomes.

Leia mais: Como governos compram apoio de veículos de comunicação
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 93 comentários
TOPO