Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Remdesivir pode reduzir tempo de hospitalização, diz Anvisa

Remdesivir pode reduzir tempo de hospitalização, diz Anvisa
Reprodução/Anvisa/YouTube

A aplicação do remdesivir pode reduzir o tempo de hospitalização em pacientes com Covid-19 e contribuir para mitigar a escassez de leitos no Brasil. A avaliação é de Renata de Lima Soares, gerente de Avaliação de Segurança e Eficácia da Anvisa.

A agência concedeu nesta sexta (12) registro do medicamento.

Em apresentação à imprensa, Soares mostrou resultados de um estudo publicado em novembro no New England Journal of Medicine. O estudo avaliou 1 062 pacientes, 159 deles categorizados como tendo Covid-19 leve ou moderada e 903 (85%) no estrato de doença grave.

Os pacientes que receberam remdesivir tiveram uma recuperação em 10 dias em média, comparada com 15 dias dos pacientes no grupo placebo.

O resultado “é muito importante quando consideramos a situação atual do país, o problema de leitos”, acrescentou Soares em coletiva de imprensa, depois da apresentação.

remdesivir, cujo registro foi pedido pela farmacêutica Gilead, é indicado somente para pacientes hospitalizados, com pneumonia e que estejam em suporte de oxigênio, mas não em ventilação mecânica invasiva. Pode ser aplicado em maiores de 12 anos com mais de 40 quilos.

Leia mais: Quem são os diretores da agência que darão o veredicto sobre as vacinas a serem aplicadas nos brasileiros
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO