Remissão dos pecados

Grace Mendonça, depois de defender Aécio Neves, partirá com uma comitiva para Roma, onde ficará até o dia 16.

Ela participará, no Vaticano, da solenidade de canonização dos “mártires de Cunhaú e Uruaçu do Rio Grande do Norte”.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

  1. Ler mais 27 comentários
    1. Farra para comemorar mais um bandido santo do pau oco, solto!!! E logo no Vaticano!!! Com este judiciário vendido, a população brasileira nem precisa contar!!!! Estão absolvendo todos os criminosos!!!! Lamento pelos juízes Sérgio Moro, Marcelo Bretas e VASLISNEY, que tanto trabalham e correm riscos, para constatar que vão morrer na praia!!!!

    2. É por eventos vergonhosos como esse que eu agora não adoro mais os deuses do Levante, enxertados na civilização europeia de forma artificial e invasiva. Só venero os deuses gregos, nativos e constituintes da cultura europeia desde seu nascimento, e organicamente integrados a ela. Todos os que nascem sob o signo espiritual da Europa são passíveis de integrar o Olimpo. Bolsonaro é certamente uma gloriosa adição a esse panteão, por seu vigor indomitável e sua clareza de ideias e expressão cristalinas. Ave, Bolsonaro!

    3. É bem adequado que uma advogada represente o governo brasileiro. Parabéns pela escolha! Adotemos, pois, essa solução para todos os eventos futuros no exterior; discurso na ONU inclusive.

      1. Infelizmente não estão nas ruas com deveriam em mega protestos
        Estão nas ruas trabalhando para sustentarem os ladrões e os que decretam a impunidade deles ou então o povo está em casa assistindo novela e futebol.
        Assim isso NUNCA vai mudar um milimetro